sábado, 3 de maio de 2008

DE PORTAS ABERTAS

A esquadra da PSP dos Restauradores, em Lisboa, está a funcionar sem porta. Uma situação que, aparentemente, seria fácil de corrigir, mas que se arrasta há mais de 3 anos.
Escondida atrás do Teatro Nacional D. Maria II, esta esquadra da PSP tem as portas abertas para ajudar às necessidades dos cidadãos. Mas, vistas bem as coisas, não resta grande alternativa aos agentes sediados na PSP dos Restauradores. Até porque a esquadra funciona sem uma porta que a separe do exterior há mais de 3 anos.
Do poder político, a resposta vem em forma de números. O ministro da Administração Interna lembra o reforço do investimento que está a ser feito nas forças de segurança portuguesas. Uma aposta significativa no sector com o objectivo de dar mais e melhor equipamento à GNR e PSP.

Nenhum comentário: