quinta-feira, 15 de maio de 2008

Emboscada à polícia

Dois agentes da PSP – um homem e uma mulher da esquadra de Alfragide – foram alvo de uma emboscada quando, na madrugada de ontem, interceptaram um homem que conduzia uma viatura furtada, no bairro da Cova da Moura, no concelho da Amadora.
Os agentes em patrulhamento avistaram a viatura – um Honda Civic – pelas 4h20, a circular a grande velocidade e em contramão e resolveram interceptar o condutor, alertando-o, primeiro, com sinais de luzes.
Mas o homem, apercebendo-se da presença policial, encetou uma fuga pelas vias estreitas do bairro da Cova da Moura, que só terminou na Rua dos Anjos, onde os agentes conseguiram imobilizar o automóvel.
Os agentes saíram da viatura e dirigiram-se ao condutor que empunhou um revólver, ameaçando os agentes.
Entretanto, e ainda sob ameaça da arma, os dois elementos da patrulha foram surpreendidos por uma chuva de pedras e tijolos atirados contra eles e contra a viatura policial que usavam.
O apedrejamento acabou por provocar várias escoriações no rosto e pescoço de um dos agentes – a mulher – que teve se ser transportado ao Hospital Amadora--Sintra , onde recebeu assistência e teve alta ainda durante a manhã de ontem.
"As pedras atiradas danificaram sobretudo a parte traseira da viatura policial e partiram o vidro lateral direito", adiantou ao CM uma fonte policial, acrescentando que a maioria dos ferimentos provocados na agente ficou a dever-se aos estilhaços do vidro da viatura.
Com esta emboscada, o suspeito que conduzia o Honda acabou por conseguir escapar, tendo a PSP apreendido a viatura – que ficou imobilizada na rua.
O automóvel era roubado mas o proprietário só apresentou queixa depois de ter sido contactado pela polícia.
Correio da Manhã

Um comentário:

Geninho disse...

As televisões ainda têm coragem de mostrar reportagens sobre a cova da moura, de maneira a inaltecer alguns que lá vivem, que não passam de escória da sociedade!!!