sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Brasileiro ferido em assalto a banco português respira sem aparelho

O mineiro Wellington Rodrigues Nazaré, 23, baleado pela polícia durante assalto a uma agência do Banco Espírito Santo em Lisboa na última quinta-feira (7), está consciente, já respira sem aparelhos e o seu estado é considerado estável. As informações são do último boletim médico do Hospital de São José, onde ele está internado.
O boletim acrescenta que, dada a evolução clínica favorável, "prevê-se que seja, a breve prazo, transferido da Unidade de Cuidados Intensivos para uma enfermaria".
O brasileiro foi ferido gravemente por atiradores da Polícia de Segurança Pública portuguesa na última quinta, às 23h23 locais (19h23 de Brasília), quando terminou o assalto à agência bancária que durou mais de oito horas, com a libertação dos dois reféns. O outro suspeito do assalto, o também mineiro Nilton Souza, foi morto na ação.
No começo desta semana, Roseli Nazaré, irmã de Wellington Rodrigues Nazaré, chamou o episódio de "uma besteira muito grande" e defendeu que ele seja punido, em entrevista à agência Lusa. "Meu irmão nunca roubou, em um momento de desespero fez uma besteira muito grande, mas não é uma pessoa ruim nem tem perfil de marginal."
Roseli disse que a família recebeu a notícia na sexta-feira (8) por meio de um familiar, que também mora em Lisboa, e que ainda não foi contatada pelas autoridades brasileiras ou portuguesas. "As informações que temos são muito vagas, ainda não sabemos bem o que vamos fazer. Meu irmão vai ter que pagar pelo que fez, mas que seja da melhor forma."
Fonte: Lusa

Nenhum comentário: