domingo, 7 de setembro de 2008

Homem/Cão


Homem morde polícia no hospital


Passavam poucos minutos da 01h00 da madrugada de anteontem quando um indivíduo, de 56 anos, irrompeu na Urgência do Hospital de Santo António, no Porto "visivelmente agitado".
"Apanhamos todo o tipo de pessoas nas Urgências. Já estamos habituados a ser sujeitos aos que bebem um copo a mais e depois provocam desacatos no hospital".
Inquieto, o homem começou por bater várias vezes na porta que bloqueia o acesso de pessoas não autorizadas à triagem. Mas tudo se complicou quando insultou o segurança que estava de turno.
No meio dos impropérios, o vigilante viu-se obrigado a agarrar o homem para impedir a sua entrada. Alertado pelo barulho da confusão, o agente da PSP apareceu e foi ameaçado pelo indivíduo com um garfo quando o tentava acalmar.
O agente chamou-o à atenção, mas no confronto físico, gerado numa questão de segundos, foi mordido pelo indivíduo num pulso. O polícia teve depois de receber tratamento médico.
O homem foi manietado e levado sob detenção num carro-patrulha para a esquadra de Cedofeita.

Nenhum comentário: